ESPAÇO DE APOIO A INFORTUNADOS, MISERÁVEIS E DESGRAÇADOS EM GERAL
Domingo, 12 de Outubro de 2008
Compromisso no final?

O movimento "Compromisso Portugal" notabiliza-se por ser um dos mais fortes defensores do liberalismo económico no país mas também pela facilidade com que se podem encontrar contradições nos seus promotores. Diogo Vaz Guedes defendia, num dia, centros de decisão em Portugal; no seguinte, vendia a empresa familiar a um grupo espanhol. António Mexia, o gestor que pede "rupturas com modelos e formas de funcionamento anteriores" na página oficial do movimento, tem uma carreira de sucesso intimamente ligada a monopólios em que o poder do Estado é determinante (Galp e EDP). Com a crise financeira e a crescente necessidade de intervenções públicas no sistema bancário, estou curioso por saber qual será o tema do próximo congresso do "Compromisso", sempre tão ávido de menos Estado e mais privados. A importância da Caixa Geral de Depósitos e do erário público para o são funcionamento do mercado?



publicado por João às 19:53
link do post | comentar | favorito

Correio
carpideiras@sapo.pt
Subscrever
arquivos

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Janeiro 2010

Outubro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


subscrever feeds