ESPAÇO DE APOIO A INFORTUNADOS, MISERÁVEIS E DESGRAÇADOS EM GERAL
Quinta-feira, 15 de Dezembro de 2011
Coisas extremamente interessantes

Um dos argumentos mais em voga nos defensores da austeridade é o aparente sucesso da Irlanda, que cortou a torto e a direito na despesa pública e tem o PIB a crescer. Há motivos muito fortes para torcer o nariz. O facto de a Irlanda estar a crescer significa apenas que as empresas multinacionais com sede fiscal no país estão a ter um maior volume de negócios. Como o país é usado como entreposto fiscal devido ao baixo IRC, por exemplo por farmacêuticas americanas que provavelmente só têm uma secretária e uma caixa de correio na Irlanda, grande parte desse rendimento sai depois do território, na forma de dividendos ou lucros repatriados. É apenas um número que por ali passa. O impacto do crescimento contabilístico do PIB na economia real irlandesa é limitado. Se virmos as contas do país não através do PIB mas através do Produto Nacional Bruto - que desconta as rendas que uma economia envia para o exterior -, a Irlanda esteve, está e vai continuar em recessão, tal como a Grécia e Portugal. Quem anda a apregoar as virtudes do bom aluno, terá certamente dificuldade em explicar como é um desempenho económico tão pujante aumenta o desemprego para mais de 14%.



publicado por João às 23:33
link do post | comentar | favorito

Correio
carpideiras@sapo.pt
Subscrever
arquivos

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Janeiro 2010

Outubro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


subscrever feeds